Como fazer com que as crianças compreendam o valor do dinheiro?

0
179
views

piggy-bank-477979_640Para a crescente população de jovens na faixa etária de 12 a 18 anos, parece que o dinheiro não é algo que deve ser ganho, gasto com prudência e, ainda menos, preservado para uma emergência. Não é falado em casa ou percebido como uma questão muito importante e o resultado é que a maioria dos adolescentes tem dificuldade em entender o valor do dinheiro ou a importância de usá-lo de forma responsável, então como fazer com que as crianças compreendam o valor do dinheiro?

Em geral as crianças de hoje acredita que para se destacar, você deve consumir, e os pais não ajudam a mudar essa atitude. Quando as crianças exigem, muitos pais simplesmente abrem suas carteiras.

Com o acesso ao dinheiro mais fácil, a disposição de consumo das crianças também aumenta e nesse quesito os telefones celulares tornaram-se uma questão de direito, se há dinheiro suficiente para comer fora regularmente a emergência significa não ter dinheiro suficiente para pagar por guloseimas e filmes para assistir com amigos.

Num país onde se é educado para arranjar um emprego e se aposentar pelo INSS não é comum falar de dinheiro, além do mais prudência financeira não é aprendida em um dia, no entanto essa educação deve começar em casa, quando a criança ainda é jovem, por volta de cinco ou seis anos.

Devemos discutir os limites do dinheiro, devemos mostrar a realidade, conscientizá-los do valor do dinheiro, a diferença entre esbanjar e comprar o necessário por um preço justo, que gastar mais do que o necessário pode significar falta amanhã.

Uma boa ideia ainda é usar o cofrinho para poupança como forma de tornar as crianças mais inteligentes em dinheiro, ensinar as crianças a poupar, abrir uma conta com pequeno valor e ver como as crianças gastam e com o que, fazê-los lidar com um pequeno orçamento e planejamento financeiro dará à criança um senso de empoderamento e o incentivo para economizar mais.

Os pais tem que agir com cautela, porque embora o orçamento esteja bem devem uma criança não deve gastar todo o valor de sua mesada, por exemplo, de uma vez e em algo desnecessário, porque provavelmente se o montante tivesse sido ganho através de seu próprio trabalho faria diferente ou passaria por dificuldades.

As crianças devem estar cientes dos sacrifícios que os pais fazem, como desistir do tempo da família para ganhar dinheiro e manter um emprego estável, ensine os jovens que o dinheiro não é uma peça de jogo infantil, mas alguns jogos como Banco Imobiliário podem ajudá-los a lidar melhor com dinheiro na vida real.

A gestão do dinheiro é um processo de aprendizagem ao longo da vida. As crianças têm que começar cedo para se manter informado e à frente, é certamente melhor do que aprender sobre o dinheiro da maneira mais difícil.

Eu acredito que educação financeira além de ser ensinado pelos pais, mas também nas escolas, somos educados para arranjar um emprego, receber salário e depender do INSS, quando deveríamos ser educados para usar melhor o dinheiro, poupar, investir para fazer sua própria aposentadoria.

SHARE